A polícia alemã deteve um cidadão germano-russo suspeito de autoria do atentado contra o autocarro da equipa de futebol do Borussia Dortmund, indicou esta sexta-feira a Procuradoria Federal acrescentando que questões económicas podem estar na origem do ataque.

Segundo um comunicado da Procuradoria Federal da Alemanha, Sergei W, de 28 anos, adquiriu no passado dia 11 de abril, no mesmo dia do atentado, direitos de venda de ações do Dortmund que têm como data de vencimento o dia 17 de junho, e que pagou através de um crédito bancário efetuado, na semana anterior ao ataque.

De acordo com a procuradoria, o suspeito do atentado contra o autocarro oficial do clube pretendia provocar uma queda significativa do valor das ações e lucrar com a venda dos títulos (direitos de venda) ao preço estabelecido previamente.

As três explosões que fizeram quebrar uma janela do autocarro do Dortmund causaram ferimentos num jogador e num polícia.

Autor: Lusa