Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Guarda-redes sobreviveu à queda da ponte em Génova: «Foi chocante»

Davide Capello sente-se "afortunado" por não ter acabado "esmagado no carro"

Mais de 30 carros caíram no vazio durante o colapso da ponte Morardi na última terça-feira, em Génova, e num deles seguia o guarda-redes Davide Capello, antigo jogador do Cagliari (agora joga no Legino, uma equipa amadora), que ainda não consegue explicar como sobreviveu à tragédia. 

ponte.mp4
A queda foi mais ou menos de uns 30 metros e Capello conta como tudo aconteceu: "Senti um ruído seco, vi que o piso estava a desmoronar-se e assustei-me muito. Não consigo perceber como não acabei esmagado no carro. Chovia muito, não sei se foi um raio mas só vi a ponte a cair e o meu carro a cair com ela", contou ao jornal italiano 'La Repubblica', a partir do hospital.

"Saí de lá graças a umas pessoas que me ajudaram. Estava consciente, chamei os bombeiros e depois telefonei à minha família", contou o jogador, que também é bombeiro voluntário. "Foi chocante, foi um milagre ter saído vivo. Parecia uma cena de um filme." Capello diz sentir-se "afortunado" por ter sobrevivido... 

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias
M M