Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Rio'2016: Funcionários da limpeza protestam salários em atraso

Reclamam pagamento do mês de setembro

• Foto: Marcia Foletto
Cerca de 200 funcionários contratados para a limpeza de 27 instalações dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016, no Rio de Janeiro, no Brasil, fizeram na quarta-feira um protesto por falta de pagamentos relativos a setembro.

Os funcionários, contratados pela empresa Sunplus - Sistemas e Serviços, manifestaram-se em frente à sede do Comité Rio'2016, no Rio de Janeiro, vestidos com as camisolas de cor lilás usadas durante o seu trabalho e com utensílios de limpeza, como vassouras.

"Não pagamos aos funcionários, porque o Comité não nos passou a verba. Eles dizem que não têm dinheiro para nos pagar", afirmou a gerente da Sunplus, Danielle Vasconcelos, citada pelo jornal Globo.

Segundo a responsável, foram contratados 2.500 funcionários para prestar o serviço de limpeza.

O diretor de comunicação do Comité Rio'2016, Mário Andrada, negou que a instituição esteja sem dinheiro, mas admitiu a dívida de seis milhões de reais (1,659 milhões de euros) para com a Sunplus, valor que deveria ter sido pago há duas semanas.

"Se fizemos um acordo com a empresa de pagar até sexta-feira é porque temos dinheiro. Nós vamos honrar os nossos compromissos. Tínhamos 20 mil fornecedores e uma estrutura reduzida. A demora é normal. É impossível planear a burocracia de pagamento de 20 mil fornecedores", acrescentou, citado pelo mesmo jornal.

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos decorreram de 5 a 21 de agosto e de 7 a 18 de setembro, respetivamente.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias
M M