O Verão até pode estar a terminar e o regresso ao trabalho cada vez mais perto, mas calma, tem aqui um belo motivo para se poder distrair para já. Saborear as melhores ‘loiras’ e ‘morenas’ que Portugal tem para oferecer… É de Homem!

E se uma cerveja nunca fez mal a ninguém, com certeza que multiplicar esse número por 10 também não fará diferença. Deixamos isso à sua consideração. Mas já chega de falatório, vamos ao que interessa:

1 – Oitava Colina - Lisboa

Conta com três variedades: a Zé Arnaldo, a Urraca Vendaval e a Florinda. Originalidade é coisa que não falta

Website: http://www.oitavacolina.pt/


2- Sovina – Porto

Os produtores afirmam que se destaca por ser "a primeira cerveja artesanal produzida em Portugal", contando já com um vasto menú por onde escolher: Amber, Helles, IPA, Stout, Trigo, Bock, Baltic Porter, Fresh Hops e Natal. É caso para dizer… haja sede!

Website: http://www.sovina.pt/


3 – Bolina – Azambuja

A companhia promete novidades para breve, com o intuito de aumentar o seu leque de opções (Pilsner, Weiss e Stout).

Website: http://www.cervejabolina.pt/


4 – Aroeira – Lisboa

A Aroeira é simples e direta, com uma pitada de humor. Descrevem-se como uma "cerveja artesanal lisboeta e bem boa", cuja missão é "acabar com a sede e as guerras do mundo". Vamos ajudar?

Website: http://www.cervejaaroeira.pt/


5 – Burja – Barcelos

Está presente nestas andanças desde 2011, com uma produção de Pilsner, Stout, IPA e Trigo na ordem dos 6 mil litros por mês. Chega?

Website: http://buja.pt/portal/


6 – Letra – Braga

Os cervejeiros Francisco Pereira e Filipe Macieira são responsáveis por colocarem no mercado as variedades da Letra: Weiss, Pilsner, Stout e Red Ale. E para as saborear nem é preciso recitar o abecedário!

Website: http://www.cervejaletra.pt/


7 – Mean Sardine – Ericeira

O nome sugere uma ‘sardinha má’, mas garantimos que só há coisas boas nesta cervejaria localizada na Ericeira. Conta com as categorias Zagaia e Tarrafa.

Website: http://meansardine.tumblr.com/


8 – Vadia – Vale de Cambra

O nome é sugestivo mas por aqui não há ‘vadiagem’, tudo é trabalhado para garantir que a cerveja – com 100% de malte – chega até si. Disponível em nas variedades Trigo, Loira, Ruiva, Preta, Rubi, Extra e Orgânica.

Website: http://www.cervejavadia.pt/


9 – Maldita – Aveiro

Maldita só de nome, porque já amealhou várias distinções, sendo considerada uma das melhores da Europa e do Mundo. Basta eleger a sua preferida: Bohemian Pilsener, Robust Porter ou English Barleywine.

Website: http://cervejamaldita.pt/


10 – Praxis – Coimbra

Coimbra é a cidade dos estudantes, portanto o que não pode faltar é mesmo a cerveja, que é oferecida em Pilsner, Dunkel, Ambar ou Weiss.

Website: http://www.beerpraxis.com/