Lazar Markovic terá sido um dos jogadores mais lucrativos de sempre da história do futebol. Não para os clubes que representou - Partizan, Benfica, Liverpool e, agora, Sporting, mas para os agentes, em especial ao israelita Pini Zahavi e ao macedónio Fali Ramadani.

De acordo com documentos do Football Leaks revelados pelo jornal romeno 'Gazeta Sporturilor', o extremo de apenas 22 anos já rendeu aos empresários quase 17,5 milhões de euros. Tudo graças à partilha de passe, à comissão de intermediação e aos direitos de imagem.

Tudo começou em abril de 2012, quando a Leiston Holdings, empresa controlada por Zahavi com sede nas Ilhas Virgens Britânicas, adquiriu o passe de Markovic ao Partizan de Belgrado. Os documentos deste negócio não foram encontrados no Football Leaks.

A 1 de julho de 2013, Lazar (e o irmão Filip) foi contratado pelo Benfica, que adquiriu 50 por cento dos seus direitos económicos por 6,25 milhões de euros. Os contratos foram assinados na presença de Nikola Damjanac, empresário que trabalha para a Lian Sports, a agência de Fali Ramadani, um polémico agente macedónio que partilha muitos interesses com Zahavi.

Um ano depois, Liverpool comprou Markovic por 25 milhões de euros: 12,5 milhões para o Benfica, outro tanto para a Leiston Holdings. O lucro do clube foi de 5,75 M€, o agente ficou com mais do dobro!

Mas não é só: depois, o mesmo Nikola Damjanac voltou assumir o papel de representante do jogador e do clube (!) na assinatura de contrato com o Liverpool, que previa um salário base para Markovic de 2,3 milhões de libras anuais (2,7 milhões de euros ao câmbio atual). O agente italiano Pietro Chiodi, com ligações ao mercado romeno, também surge como representante do clube neste acordo, como se pode ver no documento abaixo.

O agente sérvio, que - recorde-se - trabalha para uma empresa com fortes ligações a Zahavi, recebeu 1,37 milhões de euros pela intermediação do contrato entre clube e jogador. 

Mas as contas de somar não terminam aqui. O Liverpool também se comprometeu a pagar entre 500 e 600 mil libras anualmente ao dono dos direitos de imagem de Markovic - em cinco anos, cerca de 3,6 milhões de euros ao câmbio da altura. Ora a empresa que detém esses direitos chama-se Lanigan Management Ltd e tem sede em Malta. De acordo com o site da Lian Sports, a companhia de Fali Ramadani e para a qual trabalha Nikola Damjanac, pertence ao mesmo grupo.

Contas feitas, os empresários receberam:
- 12,5 milhões de euros por metade do passe na transferência para o Liverpool;
- 1,37 milhões de euros por intermediação do contrato de trabalho;
- 3,6 milhões de euros de direitos de imagem.

Não foi um mau negócio. 

Autor: Sérgio Krithinas