A seleção portuguesa de futebol de praia foi este domingo derrotada pela Rússia, por 3-1, na Superfinal da Liga Europeia, que decorreu em Terracina, na Itália.

Jordan Santos, na marcação de um livre, fez o único golo da formação das quinas, a poucos segundos do fim da partida, numa altura em que a final já estava decidida.

No primeiro período, a Rússia construiu uma vantagem de dois golos, com Krash e Paporotnyi a assinarem o seu nome na lista dos marcadores do encontro.

No arranque do segundo período, a Rússia voltou a marcar, novamente por Paporotnyi, e acabou por gerir o jogo até final, com o golo de Jordan Santos a chegar demasiado tarde para a seleção portuguesa.

Esta foi a 14.ª presença de Portugal, terceira consecutiva, no embate decisivo da Liga Europeia, competição que venceu por cinco vezes, em 2002, 2007, 2008, 2010 e 2015.

Em 2016, a seleção nacional já tinha saído derrotado da Superfinal, mas perante a Ucrânia.