Uma surpresa que já era anunciada, outra… nem tanto. Na festa de apresentação da Académica aos sócios e simpatizantes, evento realizado perante centenas de pessoas e num local emblemática de Coimbra, o Jardim da Sereia, Djoussé e Luisinho foram os destaques da noite. E se o interesse da Briosa no camaronês já tinha sido noticiado por Record na edição de 30 de junho, o regresso de Luisinho (que assinou por uma época) foi uma novidade.

O extremo, de 27 anos, atuou na última temporada no Ac. Viseu e reforça os estudantes, onde jogou entre 2007 e 2009, numa posição que contava, até ao momento, com poucas soluções. Por outro lado, Djoussé era um dos alvos para a próxima temporada, tendo sido cedido por uma época pelo Marítimo.

O técnico Ivo Vieira recebe, desta forma, dois importantes elementos para o sector ofensivo, mas as contratações não vão ficar por aqui. Nas próximas semanas, os responsáveis esperam ainda chegar a acordo com um médio-ofensivo, pelo menos mais um extremo e também um defesa para, por fim, darem por completa a restruturação do plantel, que tem como principal objetivo a subida de divisão.

Aposta na formação

Entre os 29 jogadores anunciados, muitos cumpriram um sonho de meninos depois de fazerem toda a formação na Académica. Alexandre Verdade, Palancha, Vasco, Pedro Lagoa e Teles procuram convencer Ivo Vieira a conceder-lhes uma oportunidade para se estrearem com a camisola do clube, e até já mereceram elogios por parte do técnico.

Um festival de aplausos e confiança

Com o som dos Anaquim e do Fado ao Centro em fundo, os jogadores foram surgindo. Um a um, todos distribuíram sorrisos e confiança, sentindo o apoio incondicional dos adeptos.

Se a curiosidade estava, claro, centrada nos dez reforços já anunciados, o capitão Marinho, que parte para a sétima época na Briosa, foi um dos mais aplaudidos, tal como também aconteceu com os outros capitães: João Real, Fernando Alexandre e Tozé Marreco. O reforço Rui Sampaio foi o grande ausente. O médio foi autorizado pela direção para tratar de assuntos pessoais, devendo nos próximos dias juntar-se ao grupo.

Também muito calorosa foi a receção a Ivo Vieira. O discurso do treinador, mal chegou a Coimbra, parece ter convencido os adeptos, que agora aguardam uma época de sucesso. Depois da festa no jardim, hoje é no Estádio Cidade de Coimbra. Às 21 horas, a Académica defronta o Tondela, naquele que é o último jogo de preparação antes da estreia oficial na nova temporada, que está marcada para domingo, diante do Arouca, em jogo referente à Taça CTT.


Autor: Ricardo Chambel