Um penálti convertido por Sandro Lima deu este domingo a vitória ao AC Viseu na receção ao Aves, por 1-0, permitindo que os viseenses deixem a zona de descida da 2.ª Liga.

O triunfo, selado pela conversão de Sandro Lima, aos 54', depois de a formação anfitriã já ter desperdiçado outro castigo máximo, aumentou para cinco o número de jogos sem vencer dos avenses, com o futuro treinador na bancada. José Mota assistiu, no Fontelo, ao consumar da pior sequência da época para o segundo classificado da 2.ª Liga, que soma 53 pontos, menos oito do que o líder Portimonense, e à saída dos beirões da zona perigosa da classificação.

Quanto ao jogo, muito faltoso e sem grandes oportunidades de golo, ficou marcado por dois penáltis, ambos a favor da equipa da casa. Na primeira, aos 29 minutos, Vasco Santos, árbitro do encontro, considerou faltosa uma carga de João Amorim sobre Sando Lima. Na conversão, Luisinho permitiu a defesa de Quim.

Na segunda parte, aos 56 minutos, um puxão de Balogun a Sandro Lima em plena área, com o avançado brasileiro a encarregar-se da conversão e a não falhar. O jogo cresceu de intensidade após a vantagem dos viseenses, com os forasteiros à procura do empate e o AC Viseu, confortável a defender, e de olhos postos no contra-ataque.

Guedes, aos 75 minutos, enviou de cabeça a bola ao poste da baliza de Diogo Freire, no que foi a melhor oportunidade do Aves em todo o encontro, marcado por oito amarelos e duas expulsões, uma para cada equipa.

Jogo disputado no Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu.

Académico de Viseu - Desportivo das Aves, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:
1-0: Sandro Lima, 56' (penálti)

Equipas:

- Ac. Viseu: Diogo Freire, Tomé, Bura, Bruno Miguel, Stephane, Capela, Bruno Loureiro, Moses (Rui Miguel, 86'), Luisinho (Carlos Eduardo, 67'), Paná (Tiago Gonçalves, 90+4') e Sandro Lima.

(Suplentes: Rodolfo, Joel, Yuri, Rui Miguel, Tiago Gonçalves, Carlos Eduardo, Tiago Borges).

Treinador: Francisco Chaló.

- Aves: Quim, João Amorim (Hackman, 46'), Tiago Valente, João Pedro, Nelson Pedroso, Ericson, Tarcísio (Renato Reis, 65'), Pedró (Guedes, 75'), Zé Tiago, Balogun, Mendy.

(Suplentes: Marco Pinto, L. Alberto, Guedes, Renato Reis, Hackman, Caetano, Bruno Alves).

Treinador: Carlos Daniel.

Árbitro: Vasco Santos (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Tomé (16'), João Amorim (29'), Hackman (55'), Tarcísio (58'), Zé Pedro (63'), Capela (78' e 90+2'), Ericson (87' e 90'), Quim (90+2'). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Ericson (90'), Capela (90+2').

Assistência: Cerca de 600 espetadores.

Autor: Lusa