O Nacional inicia a segunda volta da 2.ª Liga no terreno do Penafiel, num jogo em que o treinador Costinha aguarda muitas dificuldades. "É uma equipa diferente daquela que defrontámos na primeira volta. O Penafiel fez um belo trajeto nas últimas jornadas e subiu muitos lugares na tabela. Tem bons jogadores e uma frente de ataque muito forte fisicamente. Para além disso, estão à nossa frente na classificação e jogam em casa. Esperamos um jogo complicado", observou. Mesmo assim, garante que a sua equipa não muda a forma de abordar a partida. "Vamos a jogo com o mesmo objetivo de sempre: conquistar os três pontos", disse.

Numa altura em que campeonato entra no segundo turno, Costinha mostra insatisfação com as 19 jornadas que ficaram para atrás, mas assegura que a sua equipa está na luta pela subida. "Queríamos ter mais pontos. Se somos candidatos, temos de ganhar mais vezes", admitiu. Ainda assim, lembra que o grupo que lidera tem 21 jogadores novos, o que traz alguns problemas. "As pessoas pensam que é só pôr alguns jogadores num clube e somos campeões. As coisas não são assim. Como jogador, venci muitos troféus e sei bem qual é a matéria-prima para ser campeão. Não se pode fazer uma equipa de repente. Este grupo está a crescer e penso que vamos fazer uma segunda volta melhor", apontou.

Autor: Emanuel Pestana

Temas:

Costinha