O Olhanense iniciou esta quarta-feira os trabalhos com vista à nova época, na qual vai competir, pelo segundo ano consecutivo, no Campeonato de Portugal. O treinador Ivo Soares (ex-Armacenenses) comanda um grupo ainda incompleto e carente de reforços.

Os médios Leleco e Tiago Barros e o avançado Hassan são os únicos jogadores que transitam da época passada, aos quais se juntam, para já, os reforços João Azul (ex-Armacenenses) e Léo (ex-Marítimo), guarda-redes, Sekou (ex-Castrense) e Pedro Costa (ex-Oleiros), defesas, Atabu (ex-Armacenenses), médio, e Lucas Salinas (ex-Armacenenses) e Kainã(ex-Felgueiras), avançados.

Estão a trabalhar com o grupo vários ex-juniores e juniores, assim como jogadores à prova, que poderão vir a integrar o plantel.

A SAD do Olhanense irá competir com recursos muito limitados, pois o presidente Luigi Agnolin encontra-se a contas com uma doença grave e já fez saber que não irá investir mais no projeto, aguardando propostas que possam surgir para a compra da sua posição, o que, até ver, ainda não sucedeu.