Lito Vidigal, de 48 anos, está garantido como novo treinador do Aves. A SAD pretende que comece a trabalhar rapidamente, de preferência já amanhã, no regresso do plantel após dois dias de folga, mas entretanto ainda é preciso resolver a situação do vínculo com Ricardo Soares, que em maio último assinou até 2019.

Ontem, o diretor desportivo José Luís já esteve reunido com o técnico com o qual trabalhou em Chaves e comunicou-lhe a decisão de saída. Todavia, a SAD pretende chegar a acordo financeiro com Ricardo Soares e isso ainda não foi possível durante o dia de ontem, mas hoje deve ocorrer uma nova ronda negocial.

Lito Vidigal, que esteve no radar do Aves logo no início da época, em abordagem que não frutificou por ainda estar ligado ao Maccabi Telavive, mostrou-se recetivo ao novo desafio que lhe foi lançado pela SAD avense. Todavia, neste momento vai manter-se resguardado, esperando pelo fumo branco de forma a poder começar a desempenhar funções. Todavia, é certo que já se está a preparar para tomar as rédeas assim que receber indicação da Vila das Aves.

Ao que o nosso jornal apurou, o facto de o presidente da SAD, Luiz Andrade, ter realizado uma viagem à China durante a última semana, acabou por contribuir para que o divórcio iminente com Ricardo Soares fosse adiado para depois da deslocação a Portimão. O resultado no Algarve seria sempre secundário em termos de análise, dado que os altos dirigentes do Aves estão muito preocupados com o facto de a forte aposta realizada esta época, com ambição assumida, não estar a ter reflexos em campo. Mesmo havendo outras hipóteses, o perfil de Lito Vidigal foi considerado o ideal.


Autor: Bruno Freitas