O treinador do Belenenses afirmou este sábado que os últimos triunfos na Liga NOS não vão ter qualquer influência no desfecho da receção ao Vitória Guimarães e alertou para as dificuldades que esperam os azuis.

"Trabalhar sobre vitórias ajuda e muito, mas cada jogo tem a sua história. O que está para trás é bom, mas não nos ajuda no que teremos de fazer com o Vitória. É uma equipa que luta por lugares de Liga Europa e isso, por si só, revela que adversário teremos pela frente", afirmou Domingos Paciência, em conferência de imprensa.

O técnico, que fazia a antevisão do jogo da oitava jornada, marcado para domingo, admitiu a importância dos triunfos sobre Estoril e Feirense, embora lembrando que é preciso vencer os minhotos "para viver outra semana alegre".

Apesar de os vitorianos somarem apenas três vitórias em 10 jogos oficiais, Domingos recusou que este seja um adversário mais frágil, em comparação com as temporadas anteriores.

"O Vitória tem bem definido o que pretende. É uma equipa que joga muito bem nas transições, com jogadores rápidos, que procuram a profundidade, como o Raphinha, Heldon e Hurtado. Com o tempo vai ficar mais forte. A maior dificuldade é com o centro da defesa, mas não deixa de ser uma equipa muito forte", referiu.

Já sobre o possível desgaste dos vitorianos, que na quinta-feira foram derrotados pelo Konyaspor (2-1), na Turquia, para a Liga Europa, mereceu uma resposta perentória do treinador dos azuis: "A recuperação é importante, mas, tendo em conta que não ganhou, quer inverter essa situação. Vem aqui com uma postura de superação."

Belenenses, sétimo classificado, e Vitória Guimarães, oitavo, ambos com 10 pontos, jogam no domingo, a partir das 21h30, no Estádio do Restelo, em Lisboa, num encontro que será dirigido pelo árbitro Vasco Santos, da associação do Porto.

Autor: Lusa