Domingos Paciência, treinador do Belenenses, analisou a vitória deste sábado sobre o Marítimo dizendo que a sua equipa até poderia ter marcado outro tento.

"A diferença que há em relação ao jogo da primeira jornada é que hoje estivemos melhor nos últimos 30/40 metros. No último terço, tivemos situações para fazer golo. Marcámos de bola parada. Também foi de bola parada que o Marítimo mais dificuldades nos criou na primeira parte. Poderíamos ter marcado outro golo, mas não conseguimos", começou por afirmar.

O técnico debruçou-se depois sobre a exibição de Chaby: "Filipe Chaby fez um bom jogo. Ele tem uma excelente relação com a bola. É um jogador muito criativo. É um jovem que pode ser muito importante para o Belenenses. Independentemente da idade, desde que me dê garantias, irá jogar".

Segue-se o Benfica e Domingos não quis abrir o jogo sobre o sistema a utilizar diante das águias: "O sistema 3-5-2 pode ter várias dinâmicas. Não posso prometer que esse será o sistema no próximo jogo [com o Benfica]. Há momentos em que podemos ocupar melhor os espaços, temos de melhorar. Ainda agora chegou André Geraldes. É necessário adaptar os jogadores para poderem assimilar a nossa dinâmica. O Benfica é uma equipa de enorme qualidade, que pressiona muito o adversário. Temos as nossas armas. Nestes quatro jogos que vamos ter até à próxima paragem atrevo-me a dizer que o encontro mais fácil é o Benfica. O favoritismo é do Benfica e é o Benfica que tem de ganhar".

Por último, o treinador do Belenenses desejou sorte ao Marítimo para o playoff da Liga Europa: "Desejo muita sorte ao Marítimo na Liga Europa. Merece passar. É importante para o futebol português".

Autores: Lusa e Luís Miroto Simões