O treinador do Belenenses recusou esta sexta-feira atribuir significado especial à vitória no Estoril (2-0) e frisou que é necessário dar sequência a esse resultado, na receção ao Feirense, da 24.ª jornada da Liga NOS.

"Ganhámos um jogo, não mais do que isso. Temos de dar sequência para que os jogadores e toda a gente possam ter mais confiança. No Estoril, melhorámos muita coisa e mantivemos também muita coisa boa que já tínhamos", afirmou Silas, em conferência de imprensa.

O técnico, que fazia a antevisão da partida de sábado, lembrou que, depois de colocarem fim a um ciclo de 15 jogos oficiais sem vencer, os azuis do Restelo vão encontrar um adversário bastante diferente dos estorilistas, que "joga mais em transições, com um futebol mais direto e com jogadores muito fortes nos duelos aéreos".

Após ter apresentado um sistema de três centrais na ronda anterior, Silas destacou a "versatilidade" da fórmula apresentada, com a qual o Belenenses criou "muitas ocasiões". Contudo, o treinador foi perentório quanto à ideia que tem para o futuro dos azuis.

"O nosso caminho passará por ter um futebol ainda com mais ocasiões e ser mais dominadores do que fomos no Estoril. Percebo que temos de ir devagar e dar tempo aos jogadores para assimilarem as ideias, mas o nosso caminho é no sentido de apresentarmos um futebol o mais positivo possível", vincou.

Por outro lado, Silas mostrou-se satisfeito com o rendimento dos avançados Maurides, Tiago Caeiro e Yazalde, e revelou que o brasileiro, autor dos dois tentos do triunfo sobre o Estoril Praia, nem era para ser titular naquele encontro.

"Jogou o Maurides e fez dois golos. É curioso, porque quem ia jogar era o Tiago, só que, entretanto, ficou indisponível. Fico contente por os pontas de lança fazerem golos, porque a confiança deles baseia-se nisso. Se criarmos tantas ocasiões por jogo, o avançado que jogar vai fazer golos. Depende da equipa e do número de situações que criarmos", concluiu.

Belenenses, 12.º classificado com 24 pontos, e Feirense, 17.º e penúltimo com 20, jogam no sábado, a partir das 16:00, no Estádio do Restelo, em Lisboa.

Autor: Lusa