A contratação de Rafa aumenta para nove o número de extremos no plantel principal do Benfica. Nesta altura, Rui Vitória tem excesso de elementos para as duas alas, sendo natural que até final do defeso alguns elementos, como Salvio, Carcela ou mesmo Benítez, possam deixar a Luz, por empréstimo ou a título definitivo.

Deste lote de nove, cinco chegaram tendo em vista a presente temporada: Cervi, Benítez, Carrillo, Zivkovic e agora Rafa. Curiosamente, o atual dono do lado direito do ataque é Pizzi, que não é um extremo puro mas sim um elemento que facilmente se adapta a várias posições do ataque ou do meio-campo.

Autor: João Socorro Viegas