Através de comunicado emitido no seu site oficial, o Benfica deixou claro ter "total disponibilidade" para colaborar com as autoridades no âmbito do caso e-toupeira, reafirmando ainda a sua confiança em Paulo Gonçalves, diretor jurídico do clube, que esta noite saiu em liberdade depois de ter sido ouvido no Campus de Justiça.

Leia o comunicado:

"A Sport Lisboa e Benfica SAD reitera a sua total disponibilidade para colaborar de uma forma empenhada com as autoridades judiciais para o cabal esclarecimento deste processo, que desde ontem foi tornado oficialmente público, e reafirma a sua convicção e confiança de que o Dr. Paulo Gonçalves poderá no decurso do processo demonstrar a licitude de todos os seus procedimentos e condutas.

Lisboa, 7 de março de 2018"