Ederson apresentou-se na concentração da seleção do Brasil no passado domingo à noite, mas só realizou o seu primeiro treino ontem, na academia de treinos do Corinthians, onde o selecionador Tite começou a preparar o duplo confronto com Paraguai e Uruguai, relativos à qualificação para o Mundial de 2018.

O guardião, de 23 anos, trabalhou em grande parte do tempo ao lado de Wewerton, sob a orientação de Taffarel, o responsável pela preparação dos guarda-redes da equipa canarinha. Alisson, da Roma, só chegou ao final da tarde a São Paulo, e desta forma acabou por falhar a primeira sessão de trabalho.

No Brasil existem algumas dúvidas em relação a quem será o titular na baliza no encontro com o Paraguai. Neste momento, pela sua experiência, Alisson está à frente, mas não está descartada a hipótese de Tite promover uma surpresa e apostar em Ederson.