Caso se confirme a presença de Douglas nos jogos frente ao Manchester United, na Champions, será a estreia do lateral em jogos internacionais no futebol europeu. Defrontar equipas de outros países foi uma experiência que já teve, mas ainda no Brasil, ao serviço do São Paulo, ao jogar na Libertadores, em 2013. Esta é a prova mais importante a nível de clubes do continente sul-americano, sendo que Douglas ainda participou em três edições da Copa Sul-Americana: primeiro no Goiás e, depois, no São Paulo. A nível de seleções, apenas foi chamado à de sub-20, tendo participado no Mundial da categoria, em 2009.