Fernando Tavares, o vice-presidente do Benfica que foi constituído arguido juntamente com Luís Filipe Vieira no âmbito da Operação Lex, deixou uma mensagem no Facebook onde se diz disponível para colaborar com as autoridades em tudo o que for necessário. O dirigente afiança que está tranquilo e lembra que toda a sua "vida profissional foi pautada pelo trabalho, pela honestidade, pelo rigor, pela seriedade pela transparência e pela dedicação".

Eis a mensagem de Fernando Tavares

"Caros amigos e amigas,

Como é do conhecimento público fui recentemente constituído arguido no âmbito de uma operação de investigação realizada pelas autoridades. Durante as diligências que foram levadas a cabo, disponibilizei-me de imediato a fornecer toda a informação necessária a um cabal esclarecimento de toda a situação estando disponível para uma colaboração futura, como é meu dever, que ajude ao apuramento da verdade em função das investigações agora desenvolvidas e das questões que possam também eventualmente vir a ser suscitadas.

Toda a minha vida pessoal e profissional foi pautada pelo trabalho, pela honestidade, pelo rigor, pela seriedade, pela transparência e pela dedicação abnegada aos muitos projetos que abracei. Gostaria por isso de deixar uma mensagem de tranquilidade a todos os Benfiquistas e Amigos relativamente a este processo. Estou de consciência absolutamente tranquila. Confio na justiça onde terei oportunidade de esclarecer cabalmente tudo o que houver a esclarecer com vista ao apuramento da verdade.

Uma palavra final de agradecimento aos muitos amigos e amigas pelas inúmeras manifestações de apoio que me têm transmitido.

Fernando Tavares
Lisboa, 1 de fevereiro de 2018"