Maxi Pereira: Campeão sul-americano no banco

Em julho de 2011, Maxi Pereira conquistou a Copa América, ao serviço do Uruguai, na Argentina. A final realizou-se dia 12 e o lateral-direito, sacrificando o descanso e a família, acelerou para estar presente no primeiro encontro oficial da temporada, diante do Trabzonspor, na Luz, a contar para a primeira mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Maxi chegou a Lisboa às 7 da manhã de dia 27 e, quase 13 horas depois, estava no banco das águias, acabando por entrar aos 64 minutos, quando ainda se verificava um nulo no marcador – o Benfica marcaria aos 71’, por Nolito, e aos 88’, por Gaitán. Ovacionado pelos adeptos, Maxi havia sido alvo de palavras de reconhecimento de Jorge Jesus. "Quero enaltecer a forma como tentou chegar a Lisboa o mais rápido possível, depois de ter conquistado a Copa América", disse.

Autocarro à espera de Witsel

Witsel foi protagonista de história idêntica à de Maxi Pereira, ainda que o caso do belga não implicasse ligações entre continentes. A 10 de agosto de 2011, quarta-feira, defrontou a Eslovénia, em jogo de preparação. O futebolista que o Benfica contratou ao Standard Liège chegou a Lisboa no dia seguinte, à tarde. Na Luz, o autocarro estava à sua espera, pronto para arrancar para Guimarães, onde os encarnados estagiaram antes do desafio com o Gil Vicente, da primeira jornada da Liga. Witsel foi direto do aeroporto para a Luz e, assim que se juntou aos restantes elementos da comitiva, o ‘vermelhão’ fez-se à estrada. Na antevisão do jogo, o técnico sublinhou as "características importantes" do médio para o modelo de jogo das águias. O Benfica empatou 2-2, depois de ter estado a ganhar por 2-0, e Witsel entrou no início da segunda parte.

James lançou FC Porto para o título

James Rodríguez centrou as atenções por ter decidido o clássico entre Benfica e FC Porto, a 2 de março de 2012, na Luz. Graças a esse triunfo (3-2), os dragões saltaram para a liderança, não mais de lá saindo até final da época. O curioso é que o colombiano havia chegado a Lisboa às 8 horas desse dia, após 15 de viagem. Começou no banco e entrou aos 58 minutos, quando as águias estavam em vantagem (2-1). James assinou o 2-2, aos 64’, e executou o livre para Maicon fazer, de cabeça, o golo da vitória, aos 87’. O internacional colombiano, que defrontara o EUA na madrugada de 29 de fevereiro, saiu de Miami às 18 horas desse dia, fazendo uma escala em Newark, de onde partiu para a capital portuguesa. Pinto da Costa destacou o "grande sacrifício" do jovem, cuja entrada "mudou completamente o jogo".