O Benfica está em conversações com o Leixões tendo em vista a possível assinatura de um protocolo entre as duas SAD num futuro próximo, apurou Record. De acordo com as informações recolhidas pelo nosso jornal, o presidente benfiquista, Luís Filipe Vieira, tem vindo a agilizar conversações com o seu homólogo da sociedade anónima leixonense, Paulo Lopo, de forma a que possa ser montada uma sinergia a partir da próxima época. O foco principal estará nos jovens jogadores, que o Leixões poderá então vir a receber por empréstimo das águias.

Esta eventual parceria tem, contudo, desde logo uma condição para avançar: o Leixões, orientado por Kenedy, terá de garantir a manutenção no segundo escalão do futebol nacional, cenário visto com alguma preocupação por parte da formação nortenha. Afinal, a equipa ocupa o penúltimo lugar da tabela e, a nove jornadas do final, vive uma mão-cheia de pontos abaixo da linha de sobrevivência, onde estão Cova da Piedade e Famalicão, ambos com os mesmos 39 pontos.

A possível parceria, consideram as partes, teria vantagens para ambas as SAD, uma vez que o Benfica abriria mais uma porta para fazer rodar alguns atletas mais jovens e dar-lhes ferramentas para crescimento na sempre disputada 2ª Liga – as águias têm aí a equipa B, mas há mais jogadores para colocar a cada época. Já o Leixões teria a oportunidade de acolher jogadores com ‘garantia’ de qualidade, poupando no investimento.


Autor: Filipe Pedras