No que diz respeito a cansaço acumulado nos compromissos para as seleções, ninguém supera Raúl Jiménez. Aliás, a situação do mexicano é mais problemática do que a de Jonas, já que foi sujeito a viagens mais longas e jogou mais tempo. Depois de no primeiro duelo com o Canadá não ter sido utilizado por problemas físicos, o dianteiro do Benfica foi titular no embate realizado no Estádio Azteca, igualmente frente à seleção canadiana, e saiu aos 66 minutos, entrando para o seu lugar Chicharito Hernández. O jogo começou às 3h30 (hora portuguesa) e terminou já depois das 5h15. Jiménez embarcou então rumo a Portugal (junto com os compatriotas que atuam no FC Porto), onde irá chegar já depois de Jonas. Ainda assim irá cumprir um plano de trabalho idêntico ao do brasileiro, para que possa integrar o estágio, caso Rui Vitória o inclua na lista de convocados para o confronto com o Sp. Braga.

Mudança na frente

Mesmo fazendo parte dos eleitos, Jiménez não deverá integrar as escolhas iniciais de Rui Vitória. Mitroglou será, ao que tudo indica, o escolhido para alinhar ao lado de Jonas.