Rui Vitória vincou que o Benfica vai a Alvalade para vencer, pese o facto de o empate manter os encarnados na liderança isolada da Liga NOS. O treinador encarnado elogiou a qualidade do adversário e falou em mais uma final.

"Cada jogo tem variáveis diferentes e este é mais mediático mas o trabalho foi o que tínhamos planeado, com a concentração que é fundamental nestas semanas de trabalo. A nossa perspetiva é jogar em qualquer campo com o propósito de querer ganhar, com esta ambição. Queremos ir amanhã a Alvalade, respeitando uma equipa com qualidade, mas isso não muda a nossa filosofia. Esta é a próxima final, que tem características especiais e vamos com o objetivo de ultrapassá-la (...). Será um jogo difícil para qualquer um e qualquer um pode ganhar", analisou Rui Vitória, na conferência de antevisão.

Sobre se o lado esquerdo da defesa do Sporting será um ponto débil e a explorar, Rui Vitória recusou a ideia: "O Sporting tem qualidade nas várias posições para ultrapassar o problema. Acredito que andará entre Esgaio, Jefferson e Bruno César. Todos conhecem a realidade da outra equipa."

Bas Dost, melhor marcador do campeonato com 28 golos, será um elemento a ter em atenção mas o treinador das águias rejeita marcações individuais: "É um avançado que já marcou 50 por cento dos golos e é uma individualidade importantíssima. Como travá-lo? No Benfica, por natureza, não há marcação especial ou individual. Há atenção com todos os jogadores, com as virtudes e defeitos. Bas Dost é muito forte na área e tem que se tomar atenção mas os meus jogadores já sabem o que fazer."