A paragem das competições internas acabou por revelar-se positiva para o Benfica em termos de lesões. Após o encontro com o V. Guimarães (que Filipe Augusto falhou por lesão), Fejsa e Samaris também chegaram a assustar nas respetivas seleções, mas o trio está agora recuperado e, por isso, disponível para alinhar no sábado, frente ao V. Setúbal. O brasileiro, de 24 anos, falhou o encontro com a equipa vimaranense devido a uma tendinopatia na coxa esquerda. Nos últimos dias, realizou tratamento e recuperou totalmente, estando agora às ordens da equipa técnica.

A situação de Fejsa foi muito distinta, pois foi poupado nos minutos finais do embate com a formação minhota e, quando se apresentou em Belgrado, apresentou sinais de fadiga muscular. Os responsáveis da federação sérvia optaram por poupá-lo da digressão ao Oriente, e foi decidido que passaria a semana a recuperar na Sérvia. O trinco, de 29 anos, apresentou-se no centro de estágio do Seixal perfeitamente recuperado e, nos últimos dois dias, já se tem treinado sem quaisquer limitações sob as ordens de Rui Vitória.

Resta mencionar Samaris, que representou a Grécia frente à Croácia e terminou a partida com queixas na coxa direita. O camisola 7 acabou por não ser utilizado no partida em Atenas, por precaução, e apresentou-se no Seixal anteontem para ser reavaliado. O atleta foi declarado apto, e ontem também já se treinou sem limitações.

De resto, o técnico encarnado já terá hoje à sua disposição quase todos os jogadores pois os internacionais sub-21 alinharam ontem em Paços de Ferreira (ver p. 27). A exceção será Zivkovic, que jogou na Coreia do Sul e só deverá apresentar-se amanhã.

Caso não surja qualquer imprevisto de última hora, Vitória não terá baixas para o desafio da Taça de Portugal. Resta saber se vai manter o 4x3x3 ou, em casa, voltará a apostar em dois avançados.