Rui Vitória garantiu esta sexta-feira um Benfica com a ambição no máximo para o jogo com o Portimonense que está marcado para sábado às 20h30.

"Vai ser um jogo difícil, contra um adversário de qualidade, uma equipa que está numa fase boa. É de todo o mérito reconhecer o trabalho do clube e do Vítor Oliveira. O treinador da moda se calhar é mesmo o Vítor Oliveira, que é uma referência", disse o treinador do Benfica.

Vitória destacou o pragmatismo do Portimonense, a "simplicidade com que joga, na linha do que é seu o treinador" e reforçou que o Benfica está focado na conquista dos 3 pontos.

"As equipas quando jogam connosco estão sempre motivadas, nada de diferente quanto a isso. Temos de ter atenção a vários aspectos", frisou na conferência de imprensa, na qual confirmou a indisponibilidade de Salvio.

Questionado sobre se o maior equilibrio no topo da tabela dá motivação para o grupo de trabalho que orienta respondeu: "Muitos dos meus jogadores e eu já passámos por situações dessas. Quando nos focamos no nosso jogo todos os aspectos de ansiedade negativa são diminuídos. Amanhã temos oportunidade de novamente competir, de novamente ganhar. É uma final: aqueles 90 minutos são os mais importantes. Já estivemos atrás e à frente e lidamos muito bem com isso."