O Benfica já saldou a dívida para com a Doyen por Ola John, apurou Record. A SAD encarnada pagou mais 5,9 milhões de euros – no último mês de junho, foi assumida em relatório de contas uma dívida de 5,948 milhões de euros –, tendo desta forma arrecadado os 50 por cento dos direitos económicos que estavam nas mãos da referida empresa. Ao todo, o internacional holandês levou os tricampeões nacionais a um investimento de perto de 12 milhões de euros, sendo que metade desta verba fora avançada aquando da compra ao Twente, no verão de 2012.

Record sabe que a operação ficou concluída dentro dos prazos acordados entre Luís Filipe Vieira e Nélio Lucas, CEO da Doyen Sports, que em várias ocasiões negociaram o adiamento desta obrigação por parte das águias. No último mês de agosto, recorde-se, Ola John estendeu a sua ligação ao Benfica por mais uma temporada (até final de junho de 2019), sendo depois emprestado ao Wolverhampton. Agora, segundo a imprensa espanhola, estará perto de rumar ao Deportivo Corunha até final da época, também por empréstimo das águias.

Nesta primeira metade da época, fez apenas 72 minutos em Inglaterra. Depois de ter assinado pelo Benfica, o dianteiro de 24 anos já foi emprestado a Hamburgo (2013/14), Reading (2015/16) e Wolverhampton, desde o último verão. A confirmar-se a mudança para Espanha, será então o quarto empréstimo do holandês.