Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Sete detidos e seis polícias feridos depois do clássico

PSP faz balanço da operação Benfica-FC Porto

• Foto: CMTV
A PSP fez o balanço do clássico e informou que sete pessoas foram detidas e seis polícias ficaram feridos devido ao arremesso de garrafas e de pedras por parte dos adeptos do Benfica no exterior do Estádio da Luz.

O comissário Sérgio Soares contou o que se passou. "Até àquele momento a operação policial estava a decorrer muito bem, mas depois do final do jogo, no topo sul do estádio, os adeptos envolveram-se em desacatos entre eles. A polícia foi obrigada a intervir, tendo à posteriori os adeptos do Benfica voltado a sua agressividade para os agentes, que tiveram de intervir de forma mais musculada."

"A polícia teve de ir tirando os adeptos mais problemáticos do interior do estádio, recorrendo a meios coercivos. Durante esse processo houve o uso da força da nossa parte e muitos arremessos de pedras e garrafas da parte dos adeptos, tendo esse facto obrigado a uma vaga de dispersão, já no exterior. Há sete detidos, seis polícias de feridos por arremesso de garrafas e pedras."

Foram usados "vários meios coercivos" pela polícia para obrigar os adeptos benfiquistas a saírem do complexo desportivo, nomeadamente "arma de fogo com bagos de borracha", tendo sido disparados tiros para o ar, mas também para "zonas menos letais, de forma a que os adeptos abandonassem o local", explicou o comissário.

Segundo o agente da autoridade, os distúrbios começaram "no topo sul do Estádio do Benfica" entre os adeptos do clube e, após a intervenção policial, "a agressividade dos adeptos do Benfica virou-se para a PSP".

O comissário adiantou que houve adeptos do Benfica e do FC Porto que também ficaram feridos, embora não conseguisse dizer quantos.

Várias ambulâncias acorreram ao local para prestar assistência aos feridos.

"Sabíamos que era um jogo de risco elevado, com casa cheia, cerca de 63 mil espetadores, 3.400 oriundos e adeptos do Porto", sublinhou Sérgio Soares à estação de televisão.

"Tendo em conta o contexto, decidimos colocar este policiamento mais musculado e, de facto, houve necessidade de usá-lo na parte final do jogo depois da desordem entre os adeptos do Benfica", acrescentou o comissário.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M