A primeira vitória da época, conseguida na passada segunda-feira, frente ao Moreirense, deixou o Chaves a respirar melhor no campeonato nacional, mas o verdadeiro balão de oxigénio surgiu agora com o alargamento das opções para o ataque. Frente ao Estoril, no sábado, Luís Castro já poderá contar com Matheus Pereira e Platiny.

O extremo brasileiro, emprestado pelo Sporting, já cumpriu os dois jogos de castigo com que foi penalizado pela expulsão na Taça CTT, frente ao Portimonense, e está de volta às opções, enquanto o avançado ex-Feirense foi dado como apto e está em plenas condições para regressar à competição no imediato, depois de uma longa paragem motivada pela fratura de três dedos de um dos pés, ainda no decorrer dos trabalhos de pré-temporada.

São estas as armas extra que Luís Castro terá à sua disposição para lutar, agora, pelo primeiro triunfo da temporada fora de portas. De momento, à responsabilidade do departamento médico restam o defesa Nuno André Coelho e o avançado Jordan.

No que toca ao ataque, nota ainda para Perdigão, que está fisicamente mais capaz e em breve já poderá alinhar 90 minutos. Na receção ao Moreirense já durou 70 minutos em campo.


Autor: Paulo Silva Reis