O treinador do Desportivo de Chaves, Ricardo Soares, afirmou esta sexta feira que espera regressar às vitórias frente ao Arouca, na antevisão ao jogo para a 22.ª jornada da Liga NOS.

A equipa de Trás-os-Montes, que está há três jogos sem vencer, vai fazer de tudo para voltar a somar três pontos e, assim, chegar mais perto do objetivo dos 40 pontos, disse.

Ricardo Soares considerou o Arouca uma "boa equipa" e, apesar da mudança de treinador, não acredita que vá apresentar grandes alterações táticas.

"A mudança foi muito recente e não me parece que Manuel Machado [rendeu Lito Vidigal] tenha tido muito tempo para alterar ou fazer grandes alterações", salientou.

O Desportivo de Chaves tem criado oportunidades nos jogos, mas não tem conseguido concretizar, explicou, realçando que antes destes resultados a equipa esteve cinco jogos sem sofrer golos.

Questionado sobre a nomeação para as Quinas de Ouro 2017, como treinador revelação, Ricardo Soares referiu ser gratificante porque lhe dá mais incentivo e obriga-o a trabalhar mais e melhor.

"Foi com alegria que recebi a notícia, mas isso só me motiva para tentar conseguir os melhores resultados para o Desportivo", ressalvou.

Também presente na conferência de imprensa, o avançado William garantiu que a equipa está a trabalhar para mudar os resultados dos últimos jogos.

"Temos agora o Arouca, que é uma boa equipa, mas este jogo também é decisivo para nós, pois queremos somar pontos para ficar mais próximos dos 40 pontos", vincou.

O jogador brasileiro entendeu que o emblema 'azul-grená' está a fazer um bom trajeto na Liga NOS e na Taça de Portugal, na qual está nas meias-finais, portanto, tem muitas ambições.

O Desportivo de Chaves, 7.º classificado com 29 pontos, recebe o Arouca, 10.º com 27 pontos, no sábado, às 16H, em jogo da 22.ª jornada da Liga NOS, com arbitragem de Luís Godinho, da Associação de Futebol de Évora.

Autor: Lusa