O Estoril estreia-se na Taça de Portugal com uma deslocação ao Algarve. Vai medir forças com o Farense, atual líder da Série E do Campeonato de Portugal, reeditando um duelo que já aconteceu no escalão principal. O defesa Gonçalo Brandão fez a antevisão da partida.

"É uma competição nova, ‘primeira eliminatória’ e temos o sonho de jogar no Jamor, logo vamos encarar o jogo com muita seriedade. Vai ser muito difícil, num estádio muito complicado e frente a uma equipa com jogadores experientes. Ainda não vimos o vídeo deles mas, olhando para o plantel, vemos que têm jogadores com muito traquejo, com muitos anos na liga principal, com um treinador que foi um grande jogador", resumiu.

O Estoril está no último lugar da Liga NOS e numa série de seis derrotas. A paragem da competição foi, por isso, positiva para os canarinhos. "Nesta semana sem campeonato fizemos o ‘reset’ e já estamos a pensar no Farense, que é o próximo jogo. A confiança recupera-se com bons resultados, mas foi importante trabalharmos em cima dos erros que temos vindo a cometer. A confiança iremos ganhá-la vencendo o Farense. Só poderemos sair desta situação trabalhando bastante", explicou.

Afastado do onze desde o jogo com o Tondela, na última vitória dos canarinhos, Gonçalo Brandão respeita as opções. "Trabalho todos os dias da mesma maneira, sempre com a esperança de no final da semana ser titular", conclui.

Autor: Manuel António Abrantes