Causou polémica a ida de Vincent Aboubakar ao balneário do Besiktas - equipa que representou na época passada - depois da derrota caseira do FC Porto com os turcos, na 1.ª jornada da Liga dos Campeões. Um aspeto que o camaronês quis explicar agora, garantindo que o encontro foi inocente mas, ainda assim, desculpando-se perante adeptos e estrutura do clube portista.

"Depois do jogo fui cumprimentar os meus antigos companheiros ao balneário. Eles começaram a dançar, como eu costumava fazer, e toda a gente se lançou sobre mim. Começaram a rir, eu nem conseguia depois da derrota do FC Porto, estava mesmo triste. O Ryan [Babel] pegou na câmara e começou a filmar. E depois não fez aquilo [a publicação do vídeo nas redes sociais] de maneira intencional, foi apenas para registar o facto de já não nos vermos há muito tmpo. E não fui lá para montar nada e nunca pensei que o resultado viesse a ser aquele. Não foi um gesto para ferir quem quer que fosse. Mas claro que, uma vez mais, quero pedir desculpa ao presidente, aos meus colegas, aos dirigentes e aos adeptos", disse o avançado numa entrevista à revista 'Dragões'.

Questionado depois sobre o desagrado manifestado por Sérgio Conceição por esse episódio, Aboubakar conta o que respondeu: "Disse-lhe que não fiz de propósito, para chocar quem quer que fosse. Não quis magoar ninguém."

Apesar da derrota, Aboubakar esteve em festa no balneário do Besiktas

Apesar da derrota, Aboubakar esteve em "festa" no balneário do Besiktas