O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, esclareceu este domingo a referência que fez sobre o Sporting Braga a qual esteve na origem de uma resposta dura do homólogo bracarense Abel Ferreira. E agora o técnico do dragões também não foi 'meigo'... recordado o passado profissional em comum, em Braga.

"Sinceramente às vezes deparo-me com coisas que fico... Aquilo que eu disse é que no campeonato tínhamos de lutar com o Benfica e que o Sp. Braga estava a três pontos do Benfica. Só isso", começou por dizer Conceição, prosseguindo: 

"Para espanto meu, o Abel Ferreira na antevisão do jogo veio dizer que não me conhecia pessoalmente, quando fui eu que dei o aval ao presidente do Sp. Braga. Depois trabalhámos sete meses juntos no Sp. Braga. Ele no Sp. Braga B e eu no Sp. Braga. Diz que que não me conhece pessoalmente... Tive uma ou outra reunião com ele, falei muitas vezes ao telefone com ele. Fiquei admirado com essa declaração." 

"E depois disse que prefere uma crítica a um falso elogio. Mas eu não elogiei o Sp. Braga, não disse nada do Sp. Braga. Eu não meti pressão no Sp. Braga, que estava muito bem, que ia ganhar o campeonato... disse zero. Primeiro diz que não me conhece pessoalmente quando trabalhou comigo sete meses e depois diz que eu fiz um falso elogio quando disse que havia o Benfica [na classificação] e depois o Sp. Braga, a três pontos. Não tenho mais nada a dizer. A mensagen naquele clube é lutar pelos quatro primeiros lugares, que assim façam, não tenho mais nada a dizer", encerrou.