O FC Porto emitiu esta terça-feira um comunicado onde se demarca da mais recente vaga de divulgação de informações através da Internet, a qual acrescenta o que serão endereços de email e palavras-passe de dirigentes e colaboradores do Benfica.

"Tal como foi informado a 23 de junho de 2017, o FC Porto recebeu há alguns meses um conjunto de emails relacionados com o Benfica, que entregou à Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária", começa por sublinhar a nota que os portistas colocaram no seu site.

"Uma parte desses documentos, dado o seu interesse público evidente, foi divulgada no programa 'Universo Porto da Bancada', do Porto Canal, com as restrições inerentes à vida íntima das pessoas que a rede de influências do Benfica tentou capturar. O FC Porto desconhece e é completamente alheio a qualquer outra forma de difusão desses ficheiros", acrescenta, encerrando:

"O FC Porto continuará a revelar tudo o que considerar de interesse para o combate pela verdade desportiva, sempre através do Porto Canal."