Francisco J. Marques divulgou novos e-mails alegadamente trocados entre Adão Mendes, ex-árbitro da AF Braga, e Paulo Gonçalves, assessor jurídico da SAD do Benfica, na noite desta terça-feira. No Porto Canal, o diretor de comunicação do FC Porto apresentou algumas mensagens de correio eletrónico.

"Escreve Adão Mendes a 9 de outubro de 2014: 'O nosso amigo Manuel Mota, recorreu de nota negativa no jogo Marítimo-V. Guimaraes, ao ter marcado uma grande penalidade a favor do V. Guimarães. Vi as imagens e, como outros, o Manuel Mota tem razão, temos de lhe dar nota positiva. Ele e eu apelamos ao doutor.'", referiu Francisco J. Marques, continuando com uma referência a um familiar de Adão Mendes: "E diz ele acerca do seu filho, que é árbitro. 'Sobre o Renato (n.d.r.: filho de Adão Mendes), o Vítor Pereira nada disse até hoje, já o puseram na jarra tal como ao Manuel Mota. Abraço, não podemos dormir. Vem aí o esfolar do cabrito."

O dirigente do FC Porto divulgou depois a alegada resposta de Paulo Gonçalves - "Caro amigo, obrigado pela informação. Abraço e boa sorte" - dando conta de um novo e-mail enviado por Adão Mendes a 23 de setembro do mesmo ano ao assessor jurídico do Benfica: "Anexo três documentos que explicam o que preciso de si. Peço que ponha toda a carne no assador, como eu a ponho todos os dias por nós", citou Francisco J. Marques, vincando a ligação de Paulo Gonçalves aos encarnados e a deste a Adão Mendes: "O Paulo Gonçalves é uma pessoa muito importante no Benfica. Toda a gente sabe, ainda ontem esteve na Assembleia Geral da Liga. Todos puderam ver na televisão. É uma pessoa com responsabilidades no Benfica, responsabilidades muito grandes, muito fortes, com dependência direta do presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira e da administração do Benfica. (...) Ai o Adão Mendes não tem nada a ver com o Benfica, nem com o futebol, e todos os dias põe toda a carne no assador? Por nós? Nós, eles, Benfica… Afinal tem alguma coisa a ver com o futebol e com o Benfica."



Autores: André Monteiro e Nuno Barbosa