Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Herrera: «Se tiver de fazer uma ferida a cada taça que conquistarmos... tudo bem»

Capitão recorda lance na Supertaça em que ficou a sangrar

• Foto: FC Porto
Na condição de capitão do FC Porto, Héctor Herrera depositou o troféu referente à Supertaça conquistada no sábado no museu do clube, ao lado da taça de campeão nacional 2017/18. Em Aveiro, o médio ficou a sangrar após uma entrada de um adversário e agora, passados alguns dias desse jogo com o Aves, comentou com boa-disposição o lance com Jorge Fellipe.

"Se tiver de fazer uma ferida a cada taça que conquistarmos, por mim tudo bem, não me interessa. Penso que sempre demonstrei isso, sempre dei tudo. Jogar no FC Porto não é apenas jogar, é estares acostumado a ganhar, a não querer perder, foi isso que aprendei aqui", referiu o internacional mexicano na cerimónia.

Herrera destacou ainda que "se continuarmos a ser uma família, como demonstrámos no ano passado, será mais fácil ganhar". "Temos de continuar a trabalhar a cem por cento para estar aqui mais vezes", finalizou.

Herrera ficou neste estado após lance com adversário
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M