A situação não deixa de ser preocupante, mas, ainda assim, não deverá impedir Sérgio Conceição de contar com Marega e Brahimi na partida de segunda-feira, contra o Estoril. Os dois avançados estão a cargo do departamento médico do FC Porto, porém é expectável que deixem o boletim clínico a tempo de serem opções no arranque da segunda volta do campeonato nacional.

Ontem, no regresso aos trabalhos dos portistas após a vitória sobre o Moreirense, nos quartos-de-final da Taça de Portugal, Brahimi e Marega foram remetidos a tratamento no seguimento dos sintomas de fadiga muscular apresentados em Moreira de Cónegos. O argelino, que se queixou da face posterior da coxa direita na quinta-feira, foi substituído ainda antes do intervalo, enquanto o maliano nem chegou a entrar em campo em virtude de, no aquecimento, ter dado mostras de um desconforto muscular na coxa esquerda. Depois de informado, o técnico portista voltou a sentar Marega no banco.

Os dois africanos, que estão entre os mais solicitados do plantel de Sérgio Conceição, já tinham vindo a dar mostras de algum cansaço nas últimas semanas. Em Setúbal, na 14ª jornada, Brahimi saiu de campo ao intervalo, tendo sido poupado no jogo seguinte, frente ao V. Guimarães, para a Taça de Portugal. Pelo seu lado, Marega, que já esteve afastado dos relvados três semanas devido a uma lesão muscular, dirigiu-se ao banco na receção mais recente ao Vitória minhoto, na última ronda do campeonato, para dar conta de algumas queixas físicas. Anteontem, em Moreira de Cónegos, manteve-se entre os suplentes até ao final do tempo regulamentar...

Como se compreende pelo peso que os dois avançados têm na atual temporada do FC Porto, a recuperação deste duo é um dos temas importantes no Dragão este fim de semana. As perspetivas são otimistas, é certo, mas tal não impedirá Sérgio Conceição de estudar o lançamento de alternativas à dupla que, por exemplo, marcou 23 dos 81 golos azuis e brancos esta época.

Assim venham a estar totalmente aptos à competição, como se espera, os dois avançados serão utilizados na Amoreira, mas se tal não se verificar o técnico não arriscará a condição física dos seus pupilos, o que poderia ter implicações graves a médio e longo prazo. Nomes como Soares, Corona, Hernâni e, mais recentemente, Layún, estarão à espreita de uma nova oportunidade para alinhar de início.

PONTO DA SITUAÇÃO

» Além dos 23 tentos apontados por Brahimi e Marega, o duo também participou diretamente em mais 13 momentos de festa com passes decisivos para golo

» Como é apanágio da equipa técnica comandada por Sérgio Conceição, os avançados estarão sob observação apertada do departamento médico até à hora do encontro no Estoril

» Otávio, que voltou a fazer treino condicionado e ginásio, é o outro lesionado do plantel


Autor: André Monteiro