Nuno Manta Santos lamentou o desaire do Feirense no Restelo. O treinador sublinha que só depois de sofrer o golo a sua equipa conseguiu criar oportunidades de finalização. 

Análise ao jogo
"A nossa atitude competitiva só apareceu quando sofremos o golo. Até lá, fomos apáticos, não fomos pressionantes, não ganhámos os duelos. Depois do golo do Belenenses, começámos a dividir mais o jogo, a ter mais bola, a criar algumas situações de finalização."

Futuro
"Trabalhamos diariamente para corrigirmos os erros e melhorarmos. Só nos resta trabalhar e pensar em cada jogo como uma final, tendo atitude competitiva, que, aliás, faz parte da cultura do Feirense."

O que dizer aos adeptos
"No próximo jogo (frente ao Boavista), a cultura do Feirense vai aparecer".

Autor: Lusa