Carlos Barbosa anunciou esta sexta-feira em comunicado a sua recandidatura ao cargo de presidente do Paços de Ferreira, numas eleições que pela primeira vez na história do clube da Liga NOS serão disputadas por dois candidatos.

"Após ponderar com a devida responsabilidade a minha recandidatura ao cargo de presidente do Paços de Ferreira, estou a anunciar que o farei com o mesmo empenho e capacidade que tive quando conduzi o clube aos mais extraordinários feitos da sua história desportiva", confirmou Carlos Barbosa.

As palavras de Barbosa, que se candidata "Por um Paços à Paços", recordam o inédito terceiro lugar conseguido pelo Paços na 1.ª Liga, em 2012/13, ou a presença na final da Taça da Liga, em 2010/11 (derrota com o Benfica por 2-1), feitos conseguidos durante a sua presidência, concluída por motivos de saúde em maio de 2014, então substituído por Paulo Meneses.

No texto partilhado com a imprensa, Carlos Barbosa disse ainda entender ser "o momento certo para trazer de volta ao Paços a clareza e independência" que fizeram do clube "um exemplo para o país desportivo", insistindo na ideia de uma "nova etapa".

Barbosa remeteu mais explicações para a cerimónia de apresentação oficial de sua candidatura, a realizar no Auditório da Biblioteca Municipal de Paços de Ferreira, no dia 26 de abril, quarta-feira, pelas 21 horas.

Carlos Barbosa vai enfrentar nas urnas o seu antigo presidente adjunto e atual presidente Paulo Meneses, que também esta semana oficializou a sua candidatura, num ato eleitoral a definir em breve em Assembleia geral e que, pela primeira vez na história do clube, será disputado por dois candidatos.

Autor: Lusa