João Henriques, treinador do Paços de Ferreira, elogiou a postura da sua equipa, que operou uma reviravolta e venceu em casa o Feirense (2-1).

"Foi um jogo muito equilibrado, em que tivemos uma adversidade aos 11 minutos, mas soubemos sorrir sobre essa adversidade e olhámos sempre para o minuto 90 com o objetivo claro de chegar à vitória. Apesar do golo sofrido, a equipa manteve o equilíbrio que tinha pedido. Fomos mantendo o que estava planeado para este jogo, conseguimos fazer o empate, num lance de bola parada trabalhada por nós e executada na perfeição. Sabíamos que seria no detalhe que podíamos chegar à vantagem, sem pressas, e acabámos por conseguir o objetivo dos três pontos. Depois de chegarmos à vantagem, não permitimos que o adversário se aproximasse da nossa baliza", disse o técnico pacense após o encontro.

"O André Leão não estava apto no início da semana e começámos a delinear a estratégia para este jogo com o Assis e, por isso, ele jogou. O Assis é um jogador que não precisa de apresentações. Veio ajudar o grupo de trabalho com qualidade, trouxe agressividade e recuperação de bola, da mesma forma que o André Leão fez nas Aves", explicou.

Autor: Lusa