Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

José Gomes satisfeito com as contratações

Técnico faz balanço positivo do mercado, mas quer o foco no Portimonense

• Foto: Movenotícias
O Rio Ave esteve literalmente nas bocas do Mundo por ter contratado Fábio Coentrão em cima do fecho do mercado, mas José Gomes não isola o craque ex-Real Madrid do panorama geral, preferindo vincar que o foco coletivo deve estar colocado no duelo com o Portimonense.

"Acho que, de uma forma geral, o Rio Ave se preparou bem. Que contratou como tinha de contratar e pôde contratar, e terei todo o prazer em falar convosco acerca disso, mas não queria desviar o foco do motivo pelo qual estamos aqui, para falar do jogo deste domingo. Acho que, em função das circunstâncias que existiam, foi feito aquilo que devia ter sido feito", sublinhou o técnico, de 47 anos.

E entrando no tema que considerou primordial, e que passa pela conquista dos três pontos frente aos algarvios, que o Rio Ave já eliminou esta época da Allianz Cup, José Gomes afasta a ideia de qualquer facilidade resultante do arranque abaixo das expectativas do conjunto de António Folha.

"O Portimonense tem uma excelente equipa. Manteve grande parte da estrutura do ano passado. Fez uma excelente época e tem jogadores com muita qualidade, como vimos no jogo da Allianz Cup, em que vencemos, mas tivemos momentos em que o Portimonense mostrou que tem muita qualidade. Portanto, o que estamos à espera é que seja um Portimonense forte, à semelhança do que ocorreu no Algarve. Não estou a fugir à questão, mas é difícil dizer se é uma vantagem ou desvantagem. Seria especular. O Folha poderia responder melhor a essa pergunta. O que tenho a certeza é que será um adversário difícil, com bons jogadores. Não podemos olhar para o que a tabela diz dado que estamos no início do campeonato e não significa absolutamente nada", asseverou.

Diego Lopes convocado

Quanto às dificuldades físicas que têm limitado as escolhas de José Gomes desde o tiro da partida da temporada, o técnico acredita que o cenário se encontra relativamente mais desafogado, apesar dos problemas de longa duração que ainda perduram. "Esta semana, relativamente às lesões, tivemos apenas um novo traumatismo do Afonso Figueiredo, mas ele treinou. Ficou limitado, mas já estava assim devido a uma pancada no jogo com o Marítimo, que o forçou a ser assistido. Com o espírito que o caracteriza, continuou a jogar. Esta fase permite-nos já fazer algumas gestão, os jogadores estão a regressar e está tudo controlado em relação às lesões traumáticas. Depois há as outras recuperações mais longas que vocês conhecem e das quais já falámos. O Murilo foi operado, Ronan tinha algo da época passada, Nuno Santos sofreu aquele traumatismo em que fez torção contra o Chaves, o Joca escorregou sem que ninguém lhe tocasse e fez mecanismo típico da lesão do cruzado sozinho. Por outro lado, quem já está a treinar, e até convocado, é o Diego Lopes", destacou o treinador, certificando uma novidade importante para consolidar o meio-campo ofensivo dos vila-condenses, dado que o brasileiro estava afastado desde 26 de julho, quando teve de ser substituído aos 18’, contra o Jagiellonia, na Polónia, para a Liga Europa.
Por Vítor Pinto
Deixe o seu comentário
  • Rio Ave
    -
    Portimonense
  • (1)
    (X)
    (2)
  • 2.1
    3.4
    3.6
  • *Odds sujeitas a variação. Consulte o valor actual desta odd em www.nossaaposta.pt

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M