Abel Ferreira estava feliz com a atuação do Sp. Braga este sábado, no Estoril. A sua equipa marcou seis golos e o treinador elogiou o desempenho dos jogadores.

Entrada
"Entrámos muito fortes. Sabíamos da importância deste jogo para o Estoril Praia. Expliquei aos meus jogadores o que ia na alma do Estoril Praia, na necessidade de fazer pontos e isso, às vezes faz perder o discernimento. Marcámos cedo, e depois, fizemos dois golos deles de bola parada. É algo que trabalhamos muito nos treinos. A segunda parte foi nossa, embora o Estoril Praia tivesse duas oportunidades para marcar."

Ambição
"Estamos contentes com o que temos feito, mas não estamos contentes, porque queremos mais. Cada vitória que temos cria mais alerta. Temos 16 jogadores novos, que estão a aprender a filosofia do clube. Lancei o desafio de continuar a série de jogos sem sofrer golos, mas também somos o terceiro melhor ataque do campeonato. Neste momento não jogamos para os outros. Queremos que os jogadores tenham alegria no jogo. É isso que dá confiança aos jogadores. Temos de ser fiéis à nossa forma de jogar."

O adversário
"O Estoril Praia tem grande qualidade individual e se tivesse feito um ou dois golos seria justo."

Pressão
"A minha função como treinador é fazer entender aos jogadores o que estão a fazer. A nossa forma de pressão. São eles que fazem a tática são eles. Eu promovo a ideia. As mães destes jogadores podem estar muito orgulhosas, porque temos um grupo de grandes homens. Mais que competição interna, há cooperação interna. Estamos a construir uma equipa com bases para o futuro".

Autor: Lusa