Em dezasseis jogos oficiais, o Sp. Braga já utilizou 26 jogadores, sendo certo que quatro deles deixaram o plantel ainda no verão. A alta rotação que Abel Ferreira promoveu na nova temporada tem dado bons resultados e até por isso alguns nomes têm sido ‘esquecidos’. A Taça de Portugal deve abrir as portas da equipa a alguns deles. Assis, Bakic, Erick e Muric são os quatro elementos de campo que ainda não se estrearam e é bem provável que sejam pelo menos convocados.

O sorteio ditou uma eliminatória diante do desconhecido S. Martinho, com o jogo a ter lugar na Vila das Aves, e num arranque de época com um calendário tão apertado para os arsenalistas passados cinco dias há um duelo importantíssimo diante do Ludogorets. Todo este cenário é propício para que a democracia de Abel se estenda aos tais elementos menos utilizados do plantel. Ricardo Ferreira, Bruno Viana e André Horta são outros jogadores que gostariam de ter mais minutos somados em 2017/18 e que devem ter uma nova oportunidade nesta eliminatória da Taça de Portugal.

Mas a grande expectativa dos adeptos é mesmo ver quem ainda não jogou, a começar por Erick. O antigo jogador de Santos, Cruzeiro e Náutico tinha fama de craque no Brasil e está a atravessar o habitual período de adaptação a uma nova realidade. O avançado tem apenas 19 anos e a estreia na prova rainha do nosso futebol era um enorme voto de confiança do treinador. Muric é outro extremo que ainda não se estreou. Antigo jogador do Ajax, onde foi orientado por Frank de Boer e Bergkamp, é internacional jovem croata e também ele se quer mostrar em Portugal.


Autor: Ricardo Vasconcelos