Foi um dos dias mais negros de sempre do Sporting. Depois da polémica que estalou com a investigação em torno de um alegado esquema de corrupção visando a conquista do campeonato de andebol em 2016/17, a meio da tarde aconteceu um episódio que ficará na história do futebol português... pela negativa. Um grupo de cerca de 50 adeptos radicais, encapuzados, invadiu a Academia de Alcochete e agrediu jogadores e treinadores do Sporting, deixando um rasto de destruição no balneário. Jesus levou uma cabeçada e Bas Dost foi pontapeado na cabeça e pernas.

Os vídeos e fotografias divulgados ao longo do dia mostram a dimensão do ataque de que foi alvo o plantel do Sporting, que deixou jogadores abalados, com Bruno Fernandes a sugerir em pleno balneário que iria abandonar o clube depois disto e a imprensa argentina a avançar que Battaglia e Acuña estariam a pensar rescindir. O ataque motivou a detenção de pelo menos 21 adeptos radicais.

Bruno de Carvalho falou num "ato criminoso", elogiou a atuação rápida da polícia e sublinhou que "este não é um caso desportivo mas sim de polícia". "Foi chato ver os familiares dos jogadores ligarem preocupados, do staff, os meus próprios pais, a minha mulher, filhas… as pessoas ficam preocupadas. Felizmente as coisas correm dentro da normalidade, amanhã há um novo dia, temos de nos habituar que o crime faz parte do dia-a-dia e o crime tem de ser punido, no sítio e momento certo", afirmou.

O ataque mereceu o repúdio do Sporting mas também do presidente do Sindicato de Jogadores, Pedro Proença, FPF, Governo e José Maria Ricciardi, antigo apoiante de Bruno de Carvalho que admitiu vergonha pelo sucedido e avisou para o perigo que este ataque possa ter na situação patrimonial do Sporting.

À noite, decorreu uma vigília em Alvalade com centenas de adeptos a manifestar o seu apoio ao plantel, ainda que membros das claques presentes tivessem tentado 'abafar' esse apoio. Ao mesmo tempo, jogadores e treinadores estavam no posto da GNR do Montijo para apresentar queixa.

Jaime Marta Soares, por seu turno, anunciou que vai convocar os órgãos sociais na segunda-feira, um dia depois da final da Taça de Portugal.

RECORDE EM BAIXO A CRONOLOGIA DE EVENTOS, COM NOTÍCIAS, FOTOS E VÍDEOS:


00h52 - Há ainda alguns elementos ligados ao Sporting nas instalações da GNR.

00h37 -
De rosto fechado, Jorge Jesus e jogadores do Sporting deixam numa carrinha da unidade de intervenção da GNR o posto do Montijo, depois de um longo dia.

0h20
- Márcio Sampaio, recuperador físico dos leões, publicou nas redes sociais uma mensagem a abordar o sucedido esta tarde, admitindo que neste momento os elementos do Sporting estão "assustados, tristes, desiludidos e com medo".

0h07 - Manuel Fernandes acaba de chegar à esquadra da GNR do Montijo.

23h58 - João Palhinha deixou o posto da GNR do Montijo, admitindo aos jornalistas presentes que este foi "um dia muito triste e difícil para todos". O médio preferiu depois não tecer mais comentários, frisando que respeita muito o trabalho dos jornalistas.

Bas Dost à saída da GNR do Montijo: «Tranquilo...»

23h50 - Jorge Jesus e Rui Patrício também estão no posto da GNR do Montijo

23h36 - Radosav Petrovic deixou agora o posto da GNR do Montijo.

23h34 - Frederico Varandas, médico do Sporting, partilhou uma imagem de um leão "envergonhado" nas redes sociais.

23h27 - Inicia-se uma marcha de apoio aos jogadores do Sporting junto a Alvalade.

23h18 - Bas Dost deixou neste momento a esquadra da GNR do Montijo, onde terá ido prestar declarações. Refira-se que naquela zona estavam vários adeptos do Sporting. Questionado pela imprensa, o holandês limitou-se a dizer "não falo. Tranquilo". Recolhido ao seu veículo, o avançado ficou alguns instantes pensativo, visivelmente abalado, e só depois avançou.

Imprensa internacional incrédula: Situação no Sporting até faz manchetes em Itália

23h00 - Jorge Jesus e restantes jogadores que ainda estavam em Alcochete saíram agora da Academia.

22h56
- Em Alvalade, onde estão reunidos algumas centenas de adeptos do Sporting numa vigília de apoio ao plantel depois das agressões, ouve-se de um lado da barricada alguns gritos a pedir a demissão de Bruno de Carvalho. Do lado oposto, membros das claques tentam 'abafar' este pedido, gritando 'Sporting'...

22h45
- Fábio Coentrão, João Palhinha e Rúben Ribeiro, pelo menos, deslocaram-se à esquadra da GNR do Montijo, aparentemente para apresentar queixa pelo sucedido esta tarde.

22h41 - Eis as imagens da manifestação de apoio que se gerou em Alvalade.

22h30 - Várias centenas de adeptos estão reunidos junto a Alvalade, um gesto de apoio que o Sporting agradeceu através do Twitter.



22h26Jaime Marta Soares, presidente da mesa da AG do Sporting, afirmou o seu "apoio incondicional aos jogadores e equipa técnica" dos leões e anunciou que vai convocar os órgãos sociais na segunda-feira.

22h23 - Dezenas de adeptos reunidos em Alvalade, a manifestar apoio ao plantel do Sporting, vislumbrando-se inclusivamente uma bandeira da Holanda, em solidariedade com Bas Dost.

22h08 - Bruno de Carvalho falou à Sporting TV sobre as agressões de que a equipa foi alvo: "Tem sido um dia difícil desde manhã. Lamento que o Secretário de Estado tenha dito que era preciso tomar medidas corajosas, sem as dizer. Sporting há muito que fala da violência e das claques. Existe um presidente do IPDJ que insiste que a legalização não era importante. O que aconteceu foi um ato criminoso. Vamos aguardar para ver quem são e tomar as nossas medidas. Os jogadores, num primeiro momento, em estado de choque, todos nós estaríamos. Agora muito mais calmos, há muita especulação. É claro que vamos estar no Jamor e jogar - muitos não queriam. Jogadores estão tristes mas querem jogar. Porque é que foi... já ouvi teorias mirabolantes... Uma teoria era de que este é o meu modus operandi, pois nas AG's não deixo falar em fala mal de mim. O meu MO não é ver atletas e staff, a família que escolhi, a serem agredidos. Estamos a quatro dias da final, depois acaba a época, e que interessa teria o Sporting numa situação destas? Ouvi também aquele arauto da desgraça, Rui Pedro Brás, dizer que não estavam reunidas as condições de segurança. Se tivermos de fazer melhorias na Academia, vamos averiguar internamente. Isto é quase a mesma coisa que dizer que após a assobiadela que levei no jogo com o Paços eu teria de levar pancada. Aconteceu em Guimarães também, são sempre atos reprováveis. Foram os mesmos que entraram, os jogadores foi a mesma quantidade que foi agredida... é de condenar sempre, em qualquer lado. Estão a transformar isto num caso desportivo, quando é um caso de polícia. Se não estão todos presos, estão quase todos. Polícia está a fazer bem o seu trabalho. Estive a dar o meu apoio e solidariedade àqueles que também são a minha família. Não há posts que não se apaguem num momento destes. Às vezes estamos todos chateados e esses momentos são passados para um segundo plano. Compreendo a frustração dos sportinguistas e repudio estas situações. Isto é crime. Quero que o universo sportinguista tenha calma, acho que o viver estes acontecimentos tem de ser vivido com tristeza mas também com a alegria salvo seja de a polícia estar a fazer o seu trabalho."

21h56 - Dentro de instantes, Bruno de Carvalho vai abordar a situação

21h54 - São vários os adeptos do Sporting que se concentram junto ao estádio de Alvalade, numa manifestação de apoio ao plantel.


21h42 - Bruno de Carvalho abandonou agora as instalações da Academia de Alcochete. Jorge Jesus e parte do plantel ainda lá dentro

21h40 - Bas Dost reagiu às agressões de que foi alvo, falando em "drama para todos". Veja aqui as declarações na íntegra.

21h29 - Nas redes sociais já circulam imagens de Alvalade, onde foi convocada para os próximos minutos uma manifestação de apoio.



21h13 - Vários adeptos criaram um movimento nas redes sociais a pedir uma manifestação de apoio junto a Alvalade.

20h59 - "A poucos dias da final da Taça, o governo, juntamente com a FPF, quer criar todas as condições para que no domingo se viva o que é essencial que se viva. A festa do futebol, do desporto, convívio de famílias e dos verdadeiros adeptos do desporto, e do futebol em particular. Quero dizer muito claramente que é uma missão deste governo, como também deve ser uma missão e compromisso para tudo e todos. No domingo tem de haver uma demonstração clara de que futebol é igual a orgulho nacional, a desporto de excelência", acrescentou João Paulo Rebelo.

20h56 - João Paulo Rebelo fala em atos "atos de violência, de vandalismo, atos criminosos". Na declaração feita, o secretário de estado deixou uma "palavra de solidariedade para jogadores, técnicos e para quem mais foi agredido." "Portugal tem orgulho no futebol nacional, tem responsabilidades acrescidas, pois somos campeões europeus. Estamos a um mês do Mundial, onde estaremos presentes a fazer valer o que é verdadeiramente um orgulho para o nosso país: a qualidade e competitividade do nosso futebol", disse.

20h54 - A Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna anuncia em conferência de imprensa que foram detidas até ao momento 21 pessoas. Isabel Oneto dá ainda conta da apreensão de viaturas e de objetos de agressão. "Juntámos as forças de segurança para investigar a ocorrência e dar uma resposta adequeada. As forças de segurnaça continuam a trabalhar nesta matéria, de modo a esclarecer o sucedido, para que não se repita", disse. Isabel Oneto admitiu ainda que estarem em estudo medidas tendo em vista a Taça de Portugal, a disputar no domingo, para "que o jogo decorra com tranquilidade".

20h45 - O Ministério Público anunciou a abertura de uma investigação às agressões ocorridas em Alcochete.

20h38 - A situação nos leões tem ganho amplo destaque na imprensa internacional. Em Itália, por exemplo, 'Gazzetta dello Sport' e 'Corriere dello Sport' até fazem manchete com a situação que se vive nos leões.

20h34 - A rádio Late 93.1, da Argentina, reforça a informação adiantada pela TyC Sports. Marcos Acuña e Rodrigo Battaglia querem rescindir contrato. Ainda segundo a mesma emissora, os dois jogadores estão a apresentar queixa nas autoridades, sendo que Acuña foi aquele que ficou mais mal-tratado na sequência dos ataques.

20h28 - Misic, um dos jogadores atacados pelos radicais, tinha bem visíveis as marcas das agressões.

20h27 - Os jogadores começam a deixar Alcochete, sob escolta policial.

20h17 - Alex Gomes, jogador dos juvenis dos leões, faz um pedido no Twitter para que os adeptos se reúnam em Alvalade pelas 21h30 para demonstrar apoio aos jogadores.

20h15 - Vera Ribeiro, namorada de Rui Patrício, assegurou que o guardião "está bem" e teceu duras críticas aos autores deste ataque.

20h07 - Jaime Marta Soares, presidente da mesa da AG do Sporting, chegou à Academia.

20h03 - Governo vai fazer declaração a propósito do ataque em Alcochete.

20h05 - José Maria Ricciardi, antigo membro do Conselho Leonino e ex-apoiante de Bruno de Carvalho, considera que esta direção não tem condições para continuar e diz que esta situação coloca em risco o futuro do Sporting. Leia as declarações de Ricciardi à CMTV.

As imagens da destruição no balneário do Sporting e dos ferimentos de Bas Dost e Mário Monteiro

19h38 - São já 18 pessoas detidas no posto da GNR de Alcochete.

19h36FPF repudia atos de violência em Alcochete e pede justiça por atos criminosos

19h29 - José Pereira, presidente da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), considerou "inqualificável" as agressões de adeptos a jogadores e equipa técnica do Sporting, na Academia de Alcochete.

Vídeo Record: Balneário do Sporting ficou neste estado

19h16 - Segundo Record apurou, os jogadores do Sporting recusaram-se a falar com Bruno de Carvalho, que chegou à Academia depois do ataque dos adeptos.

19h06 - Battaglia e Acuña estarão a planear rescindir contrato.

19h04 - Novas revelações sobre agressão a Bas Dost, espancado na cabeça e pernas.

19h04 - Holdimo condena ataque na Academia de Alcochete

18h50 - Bruno Fernandes após ataque: "Foi um prazer estar com vocês"

18h48 - Liga repudia "agressões criminosas" a jogadores e treinadores do Sporting.

Assim ficou o balneário da Academia do Sporting após ataque de adeptos

18h37 - Bruno de Carvalho chegou à Academia.

18h07 - Bruno de Carvalho a caminho da Academia.

18h04 - Sporting repudia ataque aos jogadores através de um comunicado.

17h52 - Adeptos agridem jogadores e dão cabeçada em Jorge Jesus

17h12 - Academia de Alcochete invadida por adeptos de cara tapada.