Rafael Leão – pode fixar este nome. Aos 18 anos, o avançado da equipa B do Sporting (mas que ainda tem idade de júnior) foi uma das figuras do triunfo em Oleiros, ao apontar o quarto golo dos leões. Melhor era impossível, ou também não fosse a noite de estreia do luso-angolano com a camisola da formação principal dos verdes e brancos. É difícil encontrar quem tenha faturado em tão tenra idade, num jogo da Taça, não? Sim, mas há quem tenha feito melhor que Leão, Ronaldo de seu nome.

A 24 de novembro de 2002, em jogo da 4ª eliminatória da Taça de Portugal, no antigo Alvalade, diante do Estarreja, o porta-estandarte da Academia Sporting saltou do banco ao minuto 61 para fazer o terceiro golo da equipa então comandada por ‘monsier’ Bölöni. CR7 – que na altura era... CR28 – tinha 17 anos, 9 meses e 19 dias, ou seja, ainda tinha de esperar até fevereiro de 2003 para completar a maioridade. Este dado só fomenta aquilo que Leão conseguiu, pois nem Cristiano marcou na sua estreia de leão ao peito. A isto, acrescenta-se ainda o facto de o camisola 93 ser o jogador mais jovem utilizado por Jorge Jesus desde que assumiu os destinos do Sporting, no verão de 2015.

A acabar, nota para Demiral e Jovane, que aos 19 anos também cumpriram o primeiro jogo oficial pela equipa principal.

Autor: Bruno Fernandes

Temas:

CR7Leão