As piores previsões de Jorge Jesus não deverão confirmar-se. O treinador lamentou que o duelo com o Barcelona tenha deixado marcas físicas em jogadores aos quais atribui vital importância na execução da sua ideia de jogo.

Jesus referia-se em concreto a Bruno Fernandes e Gelson Martins, mas Record sabe que nem um nem outro correm o risco de falhar o jogo com o Boavista, na próxima jornada da Liga. Estes dois internacionais portugueses deixaram Camp Nou com evidentes problemas físicos, motivo suficiente para que Jesus se sentisse alarmado perante a eventualidade de não poder contar com dois dos seus jogadores mais influentes.

A ausência de Bruno Fernandes e Gelson na visita ao Bessa seria um duro revés na estratégia, já que Jesus abordou o jogo com o Barcelona numa perspetiva declaradamente direcionada para a gestão do grupo em função do duelo com o Boavista. Ambos acusaram desgaste físico, mais precisamente fadiga muscular. Serão reavaliados hoje para que o departamento médico possa autorizar (ou não) o regresso de ambos ao trabalho. Segundo Record apurou, nenhuma destas situações é realmente alarmante pelo que é provável que sejam declarados aptos.

Cautelas e caldos de galinha

Bruno Fernandes e Gelson Martins serão alvo de um plano específico através do qual será gerido o desgaste de ambos entre hoje e amanhã, por forma a que cheguem ao Bessa em condições de exercerem influência na manobra dos leões.

Extremo com problema antigo

A situação de Gelson inspira, ainda assim, maiores cuidados, já que o extremo tem vindo a debater-se com problemas musculares na coxa direita praticamente desde setembro.

Top de utilização

No ranking dos leões com mais jogos, Gelson e Bruno Fernandes estão no grupo dos 2ºs classificados (22 em 24, só perdem para Battaglia e têm os mesmos que Patrício e Bas Dost). Na tabela dos minutos, o extremo é 3º (1.807, atrás de Patrício e Coates), enquanto o médio é 5º (1.693, superado também por Bas Dost (1.750).

Autor: António Adão Farias