Depois de Nélson Évora - e de vários outros atletas contratados nas últimas semanas por Bruno de Carvalho ao Benfica -, o nome de Telma Monteiro [medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro] foi também associado ao Sporting no âmbito do reforço das modalidades do emblema de Alvalade. A judoca acabou por renovar contrato com o Benfica, sendo até uma das 'cabeças de cartaz' da apresentação da candidatura de Luís Filipe Vieira à presidência das águias.

Confrontado com este alegado interesse em Telma Monteiro, o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, voltou a ser perentório, numa entrevista à 'TSF': "[Houve interesse?] Não. O comandante Vicente de Moura já disse o que tinha para dizer sobre esse assunto. Agora, não tenha dúvida nenhuma do seguinte: o Sporting, se as pessoas virem, reforçou-se de uma maneira tremenda em todas as modalidades e já são 50. E muitas vezes as pessas têm esta mania que vamos buscar o A, B, C ou D porque é daquele clube ou é do outro clube ou deixa de ser", referiu o líder leonino, completando: "Espero que a federação [de atletismo] não perca a vergonha toda, porque chega a um momento em que as pessoas vão ter de começar a sofrer as consequências da vergonha que se está a apoderar. A tal falta de regras e valores. Portanto, acho que a federação de atletismo está num momento crítico. Não sei quem os influencia, ou não, mas uma coisa eles não queiram, que é ter o Sporting como inimigo. Isso não queiram, de certeza absoluta. E já começo a estar farto das chantagens que vejo nos jornais todos os dias, executadas exatamente pelo Benfica".


Autores: Alexandre Carvalho e Vítor Almeida Gonçalves