Bruno de Carvalho chegou este domingo à Suíça, acompanhado pelo reforço Marcos Acuña, e juntou-se ao convívio com os adeptos à margem do treino no Stade Colovray, em Nyon.

Após o interregno que se seguiu ao seu casamento com Joana Ornelas, a 1 de julho, o presidente do Sporting partilhou pela primeira vez as expectativas para a nova época e prometeu retribuir o carinho dos adeptos que testemunhou na Suíça.

"Tem sido, como sempre, um convívio magnífico em todos os jogos. Já  foi assim em estágios anteriores, seja qual for o país. Este momentos são importantes para eles perceberem que somos humanos. E para nós, para percebermos que do outro lado estão adeptos que sofrem, que são apaixonados pelo clube. E é com isto que nós podemos ter aquilo que eu acho que é muito importante para esta época, que é a atitude e o compromisso. Isto também é criar essa relação, de atitude e compromisso com os objetivos do clube e destes adeptos. Por isso, a resposta foi magnífica. Agora, temos de ser nós a dar a melhor resposta e fazer tudo para sermos os melhores no campeonato", destacou Bruno de Carvalho, em exclusivo à Sporting Tv.

"Durante muito tempo não se teve esta preocupação, de demonstrar claramente àqueles que servem o clube a dimensão mundial do Sporting. Faz com que eles sintam a verdadeira responsabilidade que é envergar esta camisola. E é uma responsabilidade muito, muito grande", acrescentou o líder leonino.

Numa tarde dedicada aos adeptos, BdC concentrou-se na onda verde e no futuro a mais longo prazo. "Esta é a demonstração de que o Sporting está a trabalhar no presente, com um passado magnífico, mas para um futuro que queremos todos brilhante. É muito, muito importante vermos crianças de todas as idades, bebés. O futuro do Sporting está aqui. E é por isso que de cada vez que eu estou com os sportinguistas, cada dia que passa, eu sinto esta responsabilidade. Mais de 3,5 milhões de sportinguistas só em Portugal, mais estes milhões espalhados pelo mundo, que merecem ser felizes. Quando vemos toda esta paixão que passam de gerações para gerações a nossa responsabilidade aumenta e temos de ter esse sentimento claríssimo. Continuo a dizer: atitude e compromisso. Se os tivermos de certeza absoluta que ainda mais crianças virão e mais felicidade nós vamos conseguir dar às pessoas", concluiu.


Autor: Vítor Almeida Gonçalves