Bruno de Carvalho reforçou as críticas ao Benfica, falando numa campanha encarnada contra o rival da Segunda Circular.

"Esta campanha nunca vai conseguir destruir o amor ao Sporting. Temos três milhões e meio de fiéis leões. Vão tentar de tudo, acreditem, vai valer de tudo...", avisou o líder leonino, em Famalicão, onde este domingo inaugurou o Núcleo Sportinguista da cidade, a funcionar há um ano mas a pendente de baptismo oficial.

O presidente alertou para a propalada campanha alegadamente colocada em marcha pelo Benfica, com o intuito de desestabilizar o Sporting. "Pelos vistos, o Facebook não chega para que as pessoas entendam que o Sporting é o maior clube português, o mais eclético, com 35 modalidades, mais nove adaptadas, o clube de Figo e Ronaldo... Não chegam ex-dirigentes a comentar, ou ovelhas tresmalhadas em almoços... Nada disto chega para nos derrubar", garantiu, aludindo ao encontro recente entre Dias da Cunha e Menezes Rodrigues, ex dirigentes leoninos, e Luís Filipe Vieira e João Gabriel, presidente e diretor de comunicação do Benfica.

"Faz parte de uma campanha, à qual estamos atentos", vincou. "Deixo-vos uma certeza: vamos ter de enfrentar duras batalhas, porque o futebol é muito mais do que um mero jogo dentro de quatro linhas. Vai do Facebook a um canal de televisão, de nossa casa ao café, do Ministério Público à Assembleia da República", alertou.

Autor: António Mendes