Bruno de Carvalho apresentou esta quarta-feira a sua candidatura às eleições do próximo dia 8 de setembro e um dos pontos que focou como meta no seu mandato é tornar Alvalade no "primeiro estádio inteligente de Portugal".

"Queremos melhorar a experiência de quem vai aos jogos. Queremos manter, e se possível aumentar a assistência. Vamos passar de quatro portas para 17, respondendo assim a uma da principais críticas dos nossos sócios e adeptos", frisou o antigo presidente do leonino.

E prosseguiu: "Este é um projeto para que os associados e adeptos possam entrar em comodidade. Vamos passar a ser o primeiro estádio inteligente em Portugal, vamos substituir os ecrãs atuais por novos de última geração. Ganharemos, assim, cerca de mais 800 lugares no estádio. Vamos ter o maior ecrã outdoor do país e uma rede wifi gratuita para todos. Haverá linhas digitais em todos os anéis e este projeto está fechado! Ficaremos na elite dos melhores estádios do Mundo."

Bruno de Carvalho lembrou ainda que sob a sua gestão o clube aumentou significativamente a assistência no recinto. "Em 2012/13 a média foi cerca de 26.500 pessoas; em 2016/17 passámos para mais de 43 mil. Passámos de uma venda com ganho de bilheteira e game box de 4,3 para 11 milhões de euros, quase que triplicámos as receitas daí provenientes."

O candidato continuou a enfatizar os feitos do seu mandato. "Em 2013 o clube tinha 96 mil sócios e hoje somos mais de 172 mil. Assim passámos de 5,5 milhões de euros por ano para 9 milhões, aumentando assim as receitas provenientes das quotas, sendo destinadas a financiar o ecletismo do Sporting. A captação de novos sócios e a manutenção dos atuais é fundamental para a continuidade da modalidades, cuja pujança e vigor não abdicamos."

O objetivo, se vencer as eleições, será "chegar aos 250 mil associados e promover cada vez mais a sua aproximação ao clube". Bruno de Carvalho deixou algumas medidas nesse sentido:

- "Aprofundar a captação de sócios no estrangeiro, com um produto para esse target;
- Criar o clube Jubas, com especial ligação às crianças;
- Enviar gratuitamente o jornal do Sporting para os sócios que tenham um consumo mínimo em produtos do clube
- Criar núcleos centrais por distritos, que permitam a aquisição de bilhetes, merchandising e também votar;
- Vender bilhetes e oferecer todos os serviços na loja verde da Baixa e em todas as lojas verdes que vamos criar;
- Criar uma verdadeira aplicação para que o sócios possam pagar as quotas, ter acesso à agenda das modalidades, às promoções, pagar game box, etc."

E finalizou: "O nosso Sporting quer-se dos sócios e para os sócios."

As melhores imagens da apresentação da candidatura de Bruno de Carvalho

As melhores imagens da apresentação da candidatura de Bruno de Carvalho