O empresário Paulo Silva, o alegado corruptor de árbitros de andebol a mando do Sporting, entretanto arrependido, entregou também ao Ministério Público mensagens de WhatsApp que supostamente comprovam um esquema de corrupção dos leões também no futebol.

O nosso jornal sabe que há seis jogos do Sporting que estão sob investigação: com o V. Guimarães, Feirense, Chaves, Tondela, Aves e Estoril.

Paulo Silva terá contactado atletas destes clubes, com o intuito de 'facilitarem' a vitória dos leões.